José Paulo Paes: poesia crítica

Jose Paulo Paes.jpgJosé Paulo Paes nasceu em 22 de julho de 1926 e publicou seu primeiro livro de poesias em 1947. Cronologicamente, portanto, pertence à geração de 1945, mas sua obra se diversifica bastante do lirismo e seriedade desse período. Em sua busca por concisão, desafetação e intensidade, o poeta se aproxima do concretismo. Mas há um grande diferencial de Paes frente aos outros concretistas: seu forte espírito crítico e satírico, muito utilizado na crítica político-social à situação pela qual o país passava nos anos de ditadura militar.

Os recursos gráficos potencializaram sua tendência ao poema curto e sintético. O poeta busca o recorte exato e revelador para levar sua palavra de rebeldia da forma mais depressa e eficaz possível. Olha para o pequeno, cotidiano, banal – herança modernista –, e busca ali a representação do mundo grande, refletido no pequeno.

A dimensão pública de sua obra acontece com maior força no momento em que os direitos civis estão mais ameaçados no país. Em Saldo, publicado no livro De meia palavra, a situação brasileira parece tocar o poeta que, triste com o que vê, também fala o mínimo, pois o que se há mais para dizer?

Saldo
a torneira seca
(mas pior: a falta
de sede)

a luz apagada
(mas pior: o gosto
do escuro)

a porta fechada
(mas pior: a chave
por dentro)

O poema chama a atenção para as forças externas que reprimem quem não tem força para lutar, pois sente-se também por dentro seco, escuro, fechado, voluntariamente ou não.

Ele também escreveu um livro de poemas infantis chamado Poemas para brincar, que li e reli muitas vezes quando criança. E num cartão perdido em alguma caixa da minha casa tem um poeminha que ele fez para mim quando nasci, a pedido de meu pai 🙂

Convite

Poesia é… brincar com as palavras
como se brinca com bola,
papagaio, pião.

Só que bola, papagaio, pião
de tanto brincar se gastam.

As palavras não:
Quanto mais se brinca com elas,
mais novas ficam.

Como a água do rio
que é água sempre nova.

Como cada dia que é sempre um novo dia.
Vamos brincar de poesia?

Conheça outros poemas do autor: https://www.pensador.com/autor/jose_paulo_paes/

[Marina Almeida]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s